Eventos

Voltar
Como ter um um retorno seguro ao esporte após cirurgia no joelho

Como ter um um retorno seguro ao esporte após cirurgia no joelho

Algumas dicas são procurar um bom cirurgião e fisioterapeuta, informar-se sobre o procedimento, ter paciência, avaliar o reequilíbrio muscular e fortalecer a musculatura

 
  O número de pessoas submetidas a procedimentos cirúrgicos no joelho tem aumentado no Brasil e no mundo. A melhoria da curva de aprendizado dos cirurgiões associada a tecnologia permite hoje realizar procedimentos complexos por videoartroscopia ou por navegação computadorizada. Nos Estados Unidos da América, por exemplo, estima-se que sejam realizadas ao ano 100 mil cirurgias de reconstrução do ligamento cruzado anterior.
 
 
O retorno ao esporte após uma cirurgia de joelho depende da qualidade técnica do cirurgião, de uma equipe multiprofissional competente e, principalmente, da cooperação do atleta.
 
 Passos fundamentais para uma cirurgia bem sucedida e um retorno seguro aos esportes:
 
Procurar um bom cirurgião 
 
Hoje em dia, tanto a Sociedade Brasileira de ortopedia e traumatologia (SBOT), como Sociedade Brasileira de cirurgia do joelho (SBCJ) disponibilizam online o rol de profissionais especialistas aprovados, portanto capazes de abordar melhor doenças do joelho. Verifique o currículo do médico selecionado. Profissionais envolvidos em pesquisas, pós graduados e que façam parte de grupos de especialidade (ex: grupo de traumatologia do esporte da Santa Casa de São Paulo) costumam aliar a ciência com a experiência.   
 
Procurar um bom fisioterapeuta
 
Peça indicação de fisioterapeutas ao seu médico. Uma boa comunicação entre profissionais e estabelecimento de protocolos de reabilitação está estatisticamente ligada a melhores resultados. Verifique com seu médico a possibilidade de realizar fisioterapia pré-operatória. Caso não haja contra indicações, como lesões meniscais bloqueando joelho ou lesões concomitantes a outros ligamentos do joelho, a fisioterapia pré-operatória mantém a musculatura trófica, melhora a dor e mantém o arco de movimento normal do joelho.  
 
Informar-se bem sobre o procedimento 
 
Discuta com seu médico a técnica a ser utilizada na cirurgia proposta e o período pós-operatório. Tudo isso terá impacto no retorno ao esporte.
 
Paciência nas primeiras semanas   
 
A reabilitação do ligamento cruzado anterior, por exemplo, leva seis meses em média e o retorno pleno ao esporte deve ser gradual, após melhoria do condicionamento físico e sob a supervisão de um bom treinador. Algumas cirurgias exigem o uso de muletas com descarga total de peso, outras exigem imobilização.
Tanto antes da cirurgia quanto depois, a musculatura do membro afetado, principalmente a musculatura da coxa sofrerá atrofia, denominada “inibição artrogenica do quadríceps". Em outras palavras, o grupo muscular fica inibido e, além de atrofiar, não responde completamente a estímulos voluntários de contração. Mas isso é totalmente revertido por uma fisioterapia bem feita.   
 
Avaliar e promover o reequilíbrio muscular  
 
Para o retorno seguro ao esporte, considero fundamental a realização da avaliação isocinética, idealmente no terceiro e sexto mês pós-operatório a fim de se avaliar força, potência e resistência da musculatura e auxiliar no trabalho de grupos musculares que, por ventura, estejam fracos e desequilibrados.   
 
Fortalecer a musculatura direcionando ao esporte   
 
O trabalho de fortalecimento iniciado pelo fisioterapeuta deve ser passado a um bom profissional da educação física, que entenda bem a lesão e que siga bem o protocolo iniciado pelo fisioterapeuta sob proteção articular, mantendo sempre a comunicação entre profissionais da saúde.   
 
Retornar devagar ao esporte
 
É muito comum que haja ansiedade no retorno ao esporte.Cada modalidade esportiva tem seu tempo de retorno, respeitando a biologia e qualidade da reabilitação empregada. Picos de treino podem causar sobrecarga no joelho atrasando ainda mais o tão sonhado retorno às quadras, ruas, trilhas e aos gramados!
 
 
Fonte: http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/noticia/2015/11/sete-passos-para-um-retorno-seguro-ao-esporte-apos-cirurgia-no-joelho.html
 
ADRIANO LEONARDI
 
Médico ortopedista especialista em traumatologia do esporte e cirurgia do joelho. Vice-presidente da Sociedade Brasileira de Medicina de Ambientes Remotos e Esportes de Aventura.
www.adrianoleonardi.com.br
 

Rua Benedita Vieira Eugênio, 273
Residencial Flórida
Ribeirão Preto - SP - 14026-300

PABX (16 ) 2102-4811 - FAX: (16 ) 2102-4800
atendimento@cortical.com.br

img img

© Cortical - Todos os direitos reservados

Trip Propaganda